⚔️Game of Thrones🐲: sete cenários cinematográficos (entre a realidade e a ficção) que tem mesmo de conhecer!

📷 Sou  fã [nático] da série mediática Game of Thrones. Criada pelo canal de séries norte-americano HBO, baseada nos livros fantásticos do escritor norte-americano George R.R. Martin. Apesar de só ter visto o primeiro episódio, onde o Bran Stark é empurrado da Torre pelo [regicida] Jamie Lannister, corria o ano de 2011. Mais tarde, em 2017, quando vivi e trabalhei na cidade de Évora,  retomei a visualização da mesma. Marrocos e Espanha  são os destinos escolhidos para esta viagem pelo Mundo dos Sete Reinos. De Volantis a Yunkai, o leitor poderá encantar-se por locais com edifícios exóticos e paisagens  grandiosas dignos de uma pintura de Velásquez ou Delacroix! 

⚔️Nesta lista sugerimos sete locais que merecem ser incluídos numa escapadinha citadina a Espanha ou numa road trip até ao Reino de Marrocos, com passagem por Gibraltar. Espanha e Marrocos já eram destinos  obrigatórios para turistas ou viajantes ocasionais. Todavia, a massificação da série Game of Thrones (GOT) deram a conhecer locais desconhecidos para a maioria da população mundial. E ainda bem!

Atenção: contém Spoilers! Conheça alguns dos locais de filmagem mais emblemáticos da série Game of Thrones que tem mesmo de visitar, na fotogaleria abaixo:

📍Old Volantis (Córdoba, Andaluzia)

Fuji X-T10 (113)

Ir a Córdoba é realizar uma viagem no tempo (e com tempo). Um encontro entre o Ocidente e o Oriente. Ao percorrer as suas ruas e bairros históricos,o viajante tem uma noção nitida da convivência e cruzamento de influências milenares entre Judeus, Muçulmanos e Cristãos que habitavam o Al-Andalus. Sabia que a Ponte Romana de Córdoba, atravessa pelo rio Guadalquivir, foi um dos cenários de Game of Thrones em Espanha? Se é um fã (nático) da Série da HBO. Deve recorda-se da “Ponte longa de Volantis”, certo? Esta cidade andaluza contém património histórico-cultural com o selo da UNESCO, nomeadamente o centro histórico, a Mesquita-Catedral,  as ruínas arqueológicas do antigo palácio califal de Madinat al-Zahra e o bairro Judeu. Foi o berço da antiga capital califado Omíada (929-1031), fundada por Abd al-Rahman III. Experimente fazer a Rota Omíada e deixe-se surpreender pelo legado arquitectónico e cultural da civilização islâmica de Espanha: o Al-Andalus. Sabia que Carlos V de Habsburgo, o rei-itinerante, salvou esta obra de arte da civilização islâmica para contemplação de imensos curiosos da História?

📍Kingdom of Dorne (Sevilha, Andaluzia)

Sevilha-4 copy

Sevilha é uma autêntica cidade cinematográfica. Os filmes Lawrence of Arabia (1962), a saga Star Wars (2002), Reino dos Céus (2005) e, mas recentemente,a série Game of Thrones (2015) foram imortalizados pela indústria cinematográfica de Hollywood.Com o rio Guadalquivir aos seus pés, a capital da Andaluzia preserva um importante legado patrimonial-cultural do Reino de Espanha. Sabia que Carlos V de Habsburgo e Isabel de Portugal, filha de D. Manuel I, casaram-se nestas latitudes? E que a descoberta do Novo Mundo fomentou o crescimento da cidade, em virtude do seu porto ser servido pelo rio Guadalquivir? Afinal, esta cidade andaluza não é apenas o berço do Flamenco. O seu património histórico-cultural revela-nos a importância e a sua beleza secular. Edifícios como a Torre del Oro, o Archivo General de las Indias, a Catedral e a Giralda de Sevilha, o Palácio real de Sevilha, a Plaza de Espanã  e, mais recentemente, o Metropol Parasol são visitas obrigatórias. Todavia, o Archivo Geral das Índias, construído na 2.ª metade do séc. XVI, impressionou-me pela sua dimensão. Afinal, uma boa parte da documentação histórica – “burocrática” – do Império Espanhol encontra-se aqui.

📍The Water Gardens of Dorne (Sevilha, Andaluzia)

Sevilha-3 copyReal Alcázar de Sevilha é um dos mais antigos complexos palacianos do continente europeu. Construído no séc. VIII, sob alicerces romanos, pelos descendentes do profeta Maomé e, posteriormente, aumentado pelos reis cristãos de Castela. Foi declarado Património Mundial da UNESCO em 1987. Nas 5.ª e 6.ª temporadas de GOT, é o cenário da exótica e exuberante Casa Martell. Os salões, os pátios e os jardins dão cor e forma à residência palaciana dos governantes do reino de Dorne: a cidade de Sunspear. O Patio de las Doncellas, a Sala de los Embajadores, Baños de Maria Padilla e os jardins são locais cinematográficos que nos transportam para a época do al-Andalus e para a beleza arquitectónica  da Civilização Islâmica na Península Ibérica. Um exemplo da mescla cultural entre muçulmanos e cristãos que deu origem a um estilo artístico: a arte mudéjar.

📍The DragonPit (Santiponce, Andaluzia)

Sevilha-7

Nas proximidades de Sevilha, a antiga cidade romana de Itálica é um enorme complexo arqueológico de 10 ha. Foi a primeira cidade romana fundada na Península Ibérica pelos Romanos, no ano 206 a.C. Aqui nasceram os Imperadores Adriano e Trajano. Mas, o seu ex-libris é o antigo anfiteatro romano. Tinha uma capacidade para 25 mil espectadores, além dos dez a quinze mil habitantes de Itálica. A plateia deliciava-se com as gloriosas e sanguinárias lutas de gladiadores na arena. Ainda bem que as mentalidades mudaram. Todavia, as pedras ficaram para contar as estórias da História.  Durante a 7.ª temporada de GOT,  a “DragonPit” foi o local de encontro entre a rainha-mãe Cersei e a mãe dos Dragões Daenerys Targaryen, após uma entrada de assustadora beleza do grandioso Drogon. A escolha para visitar este local não foi feita ao acaso. Trata-se do terceiro maior anfiteatro da Roma Antiga, fora da Península Itálica. 

📍Casterly Rock (Gibraltar,Reino Unido) 

gibraltar2015

Tendo o complexo portuário de Algeciras  como pano de fundo, o rochedo de Gibraltar emerge majestosamente num ponto estratégico do continente europeu: o estreito de Gibraltar. O ponto mais curto do mar mediterrâneo foi, ao longo de milénios, local de contactos e invasões de inúmeras civilizações, por exemplo, os romanos e muçulmanos. Na série GOT, o rochedo de Gibraltar foi usado como inspiração para o castelo-fortaleza de Casterly Rock,  a casa-mãe da família Lannister. Em menos de uma hora de viagem de ferry-boat, o viajante encontra um novo continente: o africano.

📍Astapor Slaver’s Bay (Essaouira, Marrocos) 

skala du port_Essaouira

A Scala du Port e as suas muralhas são o principal motivo fotográfico da atlântica Essaouira. A cidade portuária de Essaouira, situada entre Safi e El Jadida, foi no séc.XVI uma antiga possessão portuguesa denominada de Mogador (1506-1526). O Castelo de Mogador, construído em 1506, por Diogo de Azambuja, já não existe. Se visitarmos a Medina, as muralhas e o porto da «cidade do vento» podemos constatar a antiga presença lusitana, apesar das actuais fortificações, de origem marroquina, terem sido construídas durante o Século XVIII por ordem do sultão alauita Bem Abbala, quando pretendeu fazer deste local um importante porto exportador do ouro trazido pelas caravanas atravessavam o Saara desde Tombuctu (Mali). No ano 2001, esta cidade costeira foi considerada Património Mundial da UNESCO. No primeiro episódio da 3.ª temporada de GOT, Daenerys chega, com Jorah Mormont, para comprar um exército de eunucos – os Imaculados – a um negociante escravocrata de Astapor.

📍Cidade de Yunkai (Ouarzazate, Marrocos) 

ksariatbenhaidoiun

O prólogo das areias do deserto do Saara. Ksar Ait-Ben-Haddou ficava na antiga rota das caravanas que atravessaram o deserto do Saara e Marrakech. É património Mundial da  UNESCO, desde 1987, em virtude ser uma das mais bem conservadas cidades-fortificadas ( Ksar ), onde as torres e as muralhas que a circundam foram construídas com recurso ao adobe e barro. Daí, os tons acastanhados. Fica localizada nas proximidades da “Hollywood marroquina“: os estúdios Atlas de Ouarzazate. Passe o tempo a deambular pelas ruelas de adobe da cidade esclavagista de Yunkai, onde na 3.ª temporada de GOT, Daenerys chega com o seu exército de soldados eunucos,os Imaculados, após o saque de Astapor, na sua epopeia pela libertação da sociedade escravocrata de Essos. Sabia que os filmes Lawrence da Arábia, A Múmia, O Príncipe da Pérsia ou Gladiador foram aqui rodados? Trata-se de um poderoso “Drakarys” fotográfico esta cidade-fortificada marroquina.

E algumas frases (que achamos) marcantes ao longo das temporadas de Game of Thrones:

“O que une as pessoas? Exércitos, ouro, bandeiras? Histórias. Não há nada mais poderoso”, persuade Tyrion Lannister (Peter Dinklage), agrilhoado, durante o último episódio da Série Televisiva Game of Thrones.

“Different roads sometimes lead to the same castle.”
― George R.R. Martin, A Game of Thrones

“Old stories are like old friends, she used to say. You have to visit them from time to time.”
― George R.R. Martin, A Storm of Swords

“A mind needs books like a sword needs a whetstone, if it is to keep its edge. That is why I read so much”― Tyrion Lannister, A Game of Thrones

🔗Para mais informações:

Uma escapadinha a Espanha (ou uma roadtrip até Marrocos) está nos seus planos? Se não, é melhor fazer uma lista de destinos exóticos que tem de conhecer e organizar a agenda para descobrir estes países verdadeiramente exóticos e cenários deslumbrantes. Poderá encontrar, por exemplo,  alguns artigos escritos por nós com dicas sobre o património material e imaterial  dos reinos de Marrocos e de Espanha.

NÃO PERCA AS MINHAS AVENTURAS E OLHARES FOTOGRÁFICOS NO INSTAGRAM! UM ENCONTRO COM A HISTÓRIA, AO SABOR DAS IMAGENS…

Nota importante [👤]

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações, dicas e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. O Blogue OLIRAF não poderá ser responsabilizado pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes. As recomendações de produtos turísticos baseiam-se nas experiências [reais] de viagem e o conteúdo editorial é independente de terceiros.  Se quiser partilhar ou divulgar as minhas fotografias, poderá fazê-lo desde que mencione os direitos morais e de autor das mesmas.

linhagraficaALL-oliraf-03💻  Texto: Rafael Oliveira  📷 Fotografia: Oliraf Fotografia 🌎

Follow me: @oliraffotografia on Instagram | Oliraf Fotografia on Facebook

 FOTOGRAFIA✈︎VIAGENS✈︎PORTUGAL©OLIRAF (2019)

📩 CONTACT: OLIRAF89@GMAIL.COM

6 thoughts on “⚔️Game of Thrones🐲: sete cenários cinematográficos (entre a realidade e a ficção) que tem mesmo de conhecer!

  1. Adoro cinema, adoro Marrocos, adoro Córdova e adorei o Real Alcazar em Sevilha. Como não adorar este artigo? 🎞🤩 Só nunca vi “Game of Thrones” e pouco sei sobre a série. Parabéns pelo artigo!

  2. Sou fã de carteirinha da série Game of Thrones, também visitei alguns lugares em que essa grande série foi filmada e que cenários !Existe um grande roteiro para realizar pela Espanha visitando esses locais como você retratou que vai da Andaluzia, Catalunha , região Basca e etc.
    Ótimas dicas que deste, parabéns pelo artigo.Servira como apoio para conhecer novos lugares .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s